Dexter: New Blood

“Dexter” foi uma série de televisão americana que estrou em 2006 e ficou no ar por 7 anos. A série de extremo sucesso narrava as aventuras de um psicopata que ao não conseguir controlar seu instinto assassino resolve ser um justiceiro, matando bandidos. Ele seguia regras à risca para nunca ser pego. Trabalhava como legista … Continue lendo… →

Black is King

Black is King é um filme musical e um álbum visual da cantora Beyoncé onde ela dirige, escreve e produz a obra. Ele é um complemento visual do álbum The Lion King: The Gift. Ele também serve de complemento ao filme live-action de 2019 de O Rei Leão (The Lion King). Nesse filme a cantora … Continue lendo… →

Casa Gucci

Ridley Scott é um diretor multifacetado, sua filmografia contém muitos trabalhos dos mais variados gêneros e temas. Porém, o diretor se consagrou por filmes épicos como “Gladiador” (2000) e “O Último Duelo” (2002) mas principalmente ficção científica como “Alien, o oitavo passageiro” (1979), “Blade Runner” (1982), “Prometheus” (2012), dentre outros. Ao ser convocado para dirigir a … Continue lendo… →

A Lenda de Candyman

O Mistério de Candyman de 1992 me traumatizou um pouco. Não tinha idade para ver, mas vi e ficava com medo de falar Candyman 5 vezes na frente do espelho. Depois a gente se pergunta porque alguém falaria isso em um filme. Eu teria morrido. Brincadeiras a parte eu o revi recentemente e ele ainda … Continue lendo… →

A Princesa e a Plebeia: Nova Aventura

No exato momento em que escrevo essa resenha, a terceira parte da franquia que se chama A Princesa e a Plebeia: As Vilãs Também Amam, já estreou na Netflix. Estou dizendo isso para não confundir, pois escreverei aqui sobre o segundo capítulo que se chama A Princesa e a Plebeia: Nova Aventura que foi lançado … Continue lendo… →

What If…? 1ª Temporada

What If…? chegou para ser uma nova proposta dentro do conteúdo da Marvel Studios. A brincadeira de “o que aconteceria se…?” sempre me fascinou desde a época em que eu lia esse tipo de história nos quadrinhos. Nessa série animada, a diversão é transposta em cima dos filmes já lançados pela Marvel e com isso … Continue lendo… →

Ghostbusters: Mais Além

Ghostbusters: Mais Além é daqueles tipos de filme que irá fazer o mais saudosista chorar. Ele é continuação direta dos filmes antigos: Os Caça-Fantasmas (1984) e Os Caça-Fantasmas 2 (1989). Eu diria até que ele é uma continuação direta do primeiro mesmo. O filme de 2016 que foi estrelado por Melissa McCarthy (Missão Madrinha de Casamento) e Kristen Wiig (Mulher Maravilha 1984) foi completamente ignorado. Sei … Continue lendo… →

Noite Passada Em Soho

Eu tenho tido uma maré de sorte por estar podendo ver os filmes mais atuais dos diretores que mais admiro na atualidade. Teve Tempo do M. Night Shyamalan, O Esquadrão Suicida do James Gunn, Duna de Denis Villeneuve, Infiltrado do Guy Ritchie e agora Noite Passsada Em Soho de Edgar Wright. Também sou fã do … Continue lendo… →

Eu sei o que vocês fizeram no verão passado

Eu sei o que vocês fizeram no verão passado” é um thriller e slasher de 1998 que marca uma época junto com “Pânico”, “Lenda Urbana”, dentre outros. O filme foi baseado em um livro, fez tanto sucesso que acabou ganhando mais duas continuações “Eu ainda sei o que vocês fizeram no verão passado” e “Eu … Continue lendo… →

Blackpink: Light Up The Sky

Acredito que qualquer um que vá ler essa resenha já tenha ouvido ao menos falar no termo kpop. Caso não saiba o que é, deixo um pequeno resumo dizendo que é um estilo musical popular da Coreia do Sul que dominou o mundo enquanto você piscava os olhos. Digo isso porque foi assim comigo. Do … Continue lendo… →

Infiltrado

Guy Ritchie é um daqueles diretores que sentimos que tem um diferencial. Mesmo que seu filme não seja tão bom quanto gostaríamos, ainda assim ele mostra algo interessante ali. Entre os meus favoritos do diretor temos Jogos Trapaças e Dois Canos Fumegantes (1998), Snatch: Porcos e Diamantes (2000) e Aladdin (2019). Esse último ninguém diria … Continue lendo… →

Infâmia (1961)

“Infâmia” foi um filme revolucionário e inovador. Estralo por duas grandes atrizes da década de 60 – que em sua maioria protagonizavam comédias românticas-, Audrey Hepburn (Bonequinha de Luxo) e Shirley MacLaine (Se Meu Apartamento Falasse). Com direção e produção de William Wyler (O Morro dos Ventos Uivantes) a trama se baseia na peça The … Continue lendo… →

Querido Evan Hansen

2021 com certeza já pode ser considerado o Ano dos Musicais. Já tivemos Em Um Bairro de Nova York, Todos Estão Falando Sobre Jamie e Cinderela a até ao final do ano ainda teremos o remake de Amor, Sublime Amor e Cyrano. Querido Evan Hansen é mais um nome que deve ser colocado nessa lista. … Continue lendo… →

La Casa de Papel – 5ª Temporada: Volume 1

Essa 5º temporada de La Casa de Papel começa a mostrar o início do fim. Já foi dito que esse é o último ano e para prolongar um pouco mais esse final, esse último ciclo foi dividido em 2. O Volume 1 compreende 5 episódios e é bem provável que o Volume 2 também tenha … Continue lendo… →

Eternos

Quando menor, eu era um leitor ávido por quadrinhos. Sempre fui um fã da Marvel e lia histórias dos X-Men, Homem-Aranha, Capitão América, Hulk, entre outros. Mesmo assim eu nunca conheci os Eternos. Por um lado foi ótimo, pois ir para o cinema sem ter que ficar comparando também é bom. A minha experiência foi … Continue lendo… →

Rebecca – A Mulher Inesquecível, Versão de 1940 e 2020

Quando soube que tinha esse remake de Rebecca: A Mulher Inesquecível (2020), a primeira coisa que pensei em fazer foi ver o original que data de 1940. Pensei até mesmo em fazer resenhas separadas falando sobre cada um deles, mas preferi concentrar as duas unicamente aqui. Decidi isso pelo simples fato da construção da história … Continue lendo… →

A Família Addams 2 – Pé na Estrada

A primeira vez que a família Addams apareceu nas telas foi na série de televisão de 1964, foi adaptada de história em quadrinho homônima. Quando a Universal Pictures resolveu transformar a adorada família Addams em desenho animado, muitos fãs ficaram animados. Era a oportunidade ideal para revê-los e ainda apresentá-los aos mais novos. O desenho … Continue lendo… →

Free Guy: Assumindo o Controle

Um dos gêneros mais complicados de se transpôr para o cinema são os filmes baseados em jogos de videogame. Ainda não há um que podemos chamar de perfeito e que tenha agradado a grande maioria. No máximo, eles são medianos e que dão para o gasto. Free Guy: Assumindo o Controle não é baseado em … Continue lendo… →

A Babá: Rainha da Morte

A Babá: Rainha da Morte é continuação do filme A Babá de 2017. Vi os dois quase que seguidamente. A resenha do primeiro já está disponível e agora escrevo sobre esse. Todos os atores do anterior estão de volta, assim como o diretor McG. Temos tudo o que o outro tem, mas com muito mais … Continue lendo… →

Duna

Para quem nunca ouviu falar em Duna, segue uma pequena explicação: Dunaé um romance de ficção científica escrita pelo americano Frank Herbert(1920 – 1986) e foi publicado originalmente em 1965. Venceu o prêmio Hugo em 1966 e se tornou o livro de ficção científica mais vendido de todos os tempos. Independente do seu sucesso comercial ela é considerada como … Continue lendo… →