Venom

Preciso começar este texto inteirando sobre quem é Venom e como ele se encaixa no mundo Marvel atual. A maioria já sabe, mas não custa nada dizer que esse personagem é um dos grandes vilões da galeria do Homem-Aranha. Desde sua estreia nos quadrinhos, rapidamente se tornou um dos maiores inimigos do herói aracnídeo, transformando-o … Continue lendo… →

O Predador

Muitas vezes para o ser humano é inevitável fazer comparações. Por mais que tentem e mantenham a mente aberta, acabam por julgar muitas coisas que não precisam ser julgadas. Mas e quando estamos diante de clássicos do cinema? Confesso que é ainda mais difícil. No caso de “O Predador” é até covardia comparar esse com … Continue lendo… →

Crô em Família

Crodoaldo Valério, mais conhecido como Crô, é um personagem vivido por Marcelo Serrado e criado para a novela Fina Estampa (2011). Devido ao seu imenso sucesso, foi desenvolvido um longa em 2013 intitulado “Crô – O Filme”. Foi sucesso de público, levando mais de 2 milhões de pessoas ao cinema. A continuação era questão de … Continue lendo… →

A Freira

Quem diria que um personagem que foi criado aos 45 minutos do segundo tempo para Invocação do Mal 2 faria tanto sucesso ao ponto de ter seu próprio longa? Quando digo isso, é porque a nossa querida Freira nem sequer estava no roteiro. Ela foi colocada apenas durante a pós-produção graças a mente de James … Continue lendo… →

Escobar: A Traição

Temos aqui mais uma história sobre a vida de Pablo Escobar. Dessa vez, a única diferença é o fato da história ser contada através de Virgínia Vallejo, amante de Pablo, apresentadora de televisão e autora do livro “Loving Pablo, Hating Escobar” (Amando Pablo, Odiando Escobar). O livro narra a vida do famoso chefe do tráfico … Continue lendo… →

Meu Ex É Um Espião

Sempre fui um grande fã de filmes de espionagem. Amo até hoje a franquia de James Bond, mesmo com toda aquela mentirada que dói até na alma. Olhando os antigos, principalmente quando Roger Moore estava no papel de 007, víamos a comédia até de forma desmedida, transformando a franquia quase em uma galhofa total. Mas … Continue lendo… →

Megatubarão

O primeiro filme chamado de blockbuster, na história do cinema, foi Tubarão (1975), dirigido por ninguém menos do que Steven Spielberg. Ainda em início de carreira, o cineasta conseguiu criar um sucesso absoluto de público e crítica, tornando o sugbgênero tubarão um dos mais requisitados na área do terror. O tempo passou e este tipo … Continue lendo… →

Mentes Sombrias

Temos aqui mais um filme baseado em um livro, onde vemos uma distopia com adolescentes como personagens principais. O caça-níquel da vez é o best-seller “The Darkest Minds”, traduzido para o português como “Mentes Sombrias”, escrito por Alexandra Bracken. Para variar, eu não li a obra original, o que não me qualifica para julgar se … Continue lendo… →

Acrimônia

Acrimônia é um substantivo feminino da língua portuguesa com muitos significados negativos como: comportamento indelicado, aspereza, severidade, mordacidade, azedo, etc. Talvez, o mais pesado deles seria o mais correto para resumir a história deste longa: o sentimento de ÓDIO. Que ser humano nunca teve uma crise de ciúme, seja ela por motivos bobos, seja ela … Continue lendo… →

Sicário: Dia do Soldado

Quando “Sicário: Terra de Ninguém” foi lançado em 2015 pouco foi falado sobre ele. Teve um lançamento modesto, na dele, sem um grande sucesso de público, mas desde já muito bem-visto pela crítica. Com a direção de Dennis Villeneuve (A Chegada), que infelizmente não pôde voltar por ter conflitos na agenda, se mostrou um ótimo … Continue lendo… →

Além do Homem

Eu tenho tido um caso de amor e ódio com os filmes nacionais. Ou gosto demais ou tenho detestado, dificilmente conseguindo entrar em um meio termo. Como alguns já sabem, determinados longas eu prefiro não ver trailer e nem ver sinopse. Com essa falta de expectativa sempre espero por surpresas e coisas sensacionais. Talvez por … Continue lendo… →

Um Dia Para Viver

John Wick realmente revolucionou os novos filmes de ação e tem feito escola. Com seus grandes momentos de luta e de tiroteio bem coreografados, tivemos um grande suspiro do gênero que já estava nitidamente cansado, e por isso sem novidades. E aqui, temos um nítido filhote do filme citado, com cenas igualmente boas e com … Continue lendo… →

Oito Mulheres e Um Segredo

Após o grande sucesso de “Onze Homens e um Segredo” (2001), “Doze Homens e um Segredo” (2004), e “Treze Homens e um Segredo” (2007), temos uma nova continuação. Passados 11 anos do último lançamento vemos aqui mais um assalto arquitetado por um membro da família Ocean. Saem os homens e entram as mulheres lideradas por Sandra Bullock … Continue lendo… →

Eu Só Posso Imaginar

Embora eu acredite em uma força poderosa além da morte, não me considero uma pessoa religiosa. Não gosto de filmes e nem de músicas gospel, mas temos aqui um belo exemplo de uma música com uma história para ser contada. “Eu Só Posso Imaginar” (I Can Only Imagine, no original) é o nome da música … Continue lendo… →

Han Solo – Uma História Starwars

“Depois de Rogue One – Uma História Star Wars” (2016), este é o novo spinoff da franquia Star Wars, agora estrelado por Han Solo, o famoso piloto vigarista dos filmes originais. Eu fui com os dois pés atrás para ver esse novo derivado. O motivo para isso foi o fato de que eu não queria … Continue lendo… →

Deadpool 2

O mercenário mais tagarela do mundo está de volta e por mais incrível que pareça, ainda consegue estar mais insano e com muito mais ação do que o seu debut de 2016. Todo o elenco sobrevivente do primeiro está de volta nessa continuação com novas adições muito bem-vindas, mas com uma troca na direção, sai … Continue lendo… →

PARIS 8

Paris 8 é o nome de uma importante faculdade pública federal de Paris, na França, onde este filme se passa. Achei curioso este nome, pois a faculdade em nenhum momento, para mim, chega a ser um personagem importante. Acredito que o nome original “Mes Proviciales”, (em uma tradução livre é algo como “Meus provincianos”), faça … Continue lendo… →

Desejo de Matar

A primeira coisa que fazemos ao ver um remake de um clássico é querer comparar com o original, mas prometo que não farei isso. Vou julgá-lo como um filme novo qualquer sobre vingança, afinal temos dezenas de filmes em cartaz que o nome poderia ser “Desejo de Matar” também. Após essa pequena análise noto como as pessoas gostam … Continue lendo… →