Trama Fantasma

Diferente da maioria das pessoas que vão aos cinemas ver “Trama Fantasma” por ser um dos indicados ao Oscar 2018, eu amei a sinopse e o trailer. Sou uma dessas mulheres aficionadas pela moda dos anos 50 e 60, por isso, eu esperava profundamente que o filme fosse majestoso, com roupas fabulosas e que a … Continue lendo… →

Lady Bird – É Hora de Voar

Eu adoro a jovem atriz Saoirse Ronan, por isso fiquei empolgada ao vê-la no páreo para o Globo de Ouro e o Oscar. Não entendo até agora porquê seu filme anterior (Brooklyn) não teve maior visibilidade. Não estou dizendo que ele tenha sido o melhor para ganhar a estatueta de ouro do ano de 2016 … Continue lendo… →

Eu, Tonya

Eu não conhecia a história de Tonya Harding. Quando o escândalo envolvendo a patinadora ocorreu (ela foi acusada de mandar machucar gravemente uma outra competidora, Nancy Kerrigan, e acabou sendo banida permanentemente do esporte que tanto amava), eu era criança. E embora sempre tenha achado patinação artística linda, nunca me liguei muito nas notícias sobre … Continue lendo… →

Sobrenatural – A Última Chave

Eu sempre considerei os filmes “Sobrenatural” (2011) e “Invocação do Mal” (2013) extremamente parecidos, não só por conterem a mesma premissa, como muitos outros contém – família atormentada por demônio ou espírito do mal procura médium para ajudar -. Enquanto o primeiro foi dirigido por James Wan e escrito por Leigh Whannell, “Invocação do Mal’ … Continue lendo… →

Minha lista de Natal

Cinéfilo que é cinéfilo tem que ver filmes pra entrar no espírito de Natal. Seja por serem obras-primas conceituadas pela crítica especializada e pelo tempo ou simplesmente títulos fofinhos de sessão da tarde com gosto de infância, todo mundo tem seus favoritos de Natal. Eis aqui a lista que eu TENHO que ver todo ano … Continue lendo… →

Cora Coralina: Todas as Vidas

Cora Coralina é uma de minhas heroínas e inspiração como mulher. Eu fui “apresentada” à ela aos 17 anos por um professor de literatura durante um concurso de poesia,- o qual fiquei entre os finalistas-. Poesia sempre me fascinou, e a partir daquele momento Cora também. Tenho esta senhorinha humilde de Goiás, que sempre me … Continue lendo… →

Jogos Mortais: Jigsaw

Jogos Mortais – Jigsaw falha, ao ser vendido como continuação mas acaba quase que por ser um reboot dos últimos dois filmes. Fui ao cinema com grandes expectativas, por ser grande fã da franquia, e não posso dizer que não me diverti. Temos os típicos momentos do “jogo” que tanto conhecemos, cheio de sangue, carnificina, … Continue lendo… →

A Noiva

Muitas pessoas reclamaram do filme, porém, é importante ter em mente qual o intuito de uma obra e se ela cumpre seu propósito. “A Noiva” (Nevesta em Russo) não se propõe a ser um filme com nuances, terror psicológico ou cult, ele é inteiramente formado pelo grotesco, assustador, gótico e macabro. Sendo parte deste grupo … Continue lendo… →

Além da Morte

Eu fiz questão de ver esse filme por dois motivos, elenco e gênero, ele foi erroneamente classificado como terror – que vem a ser meu gênero favorito-, e apesar de não o sê-lo, é muito divertido, intrigante e curioso. Além da Morte, é um encontro entre Premonição, Corrente do Mal e Nerve. Porém, se você … Continue lendo… →

Depois Daquela Montanha

Chegou Outubro, mês das maravilhas! Temos estreias, Oktoberfest e Festival do Rio. Aliás, não só estamos no mês das maravilhas, como também das maravilhosas (rs), como Kate Winslet que foi o grade motivo da minha escolha para este filme que estreou hoje no circuito cinematográfico mais aguardado pelos cariocas. Depois de ler o nome de Kate, … Continue lendo… →

A Guerra dos Sexos (2017)

Para ver “A Guerra dos Sexos” é preciso ler a sinopse com atenção. Nada de ouvir o nome e achar que é mais uma das novelas da Globo. É uma história biográfica, sobre atletas, mídia, determinação e a luta contra o machismo. Ao contrário do que muitos vêm dizendo por aí, não acho que o … Continue lendo… →

Anya Taylor-Joy

Pelo visto, alguém vai acabar se consagrando como a nova estrela do terror. A atriz de olhos expressivos de apenas 21 anos é metade argentina, metade britânica, embora, tenha nascido nos Estados Unidos, isso que é multiculturalismo. Eu a conheci ao assistir “A Bruxa” (2016). Mais ou menos um ano depois, ela co-estrelou a ultima … Continue lendo… →

Mãe! (2017)

Essa com certeza é crítica mais difícil que eu já tive que escrever. Fui assistir “Mãe!”, porque sou muito fã do gênero suspense, gosto muito dos atores (Javier Barden, Jennifer Lawrence, Ed Harris, Michelle Pfiffer) e adorei Cisne Negro (que é do mesmo diretor), porém, este filme foi bem complicado para mim. Ele não tem … Continue lendo… →

Os Condenados – Livro

Praticamente todo mundo se pergunta o que acontece depois que morremos. Enquanto algumas pessoas buscam respostas espirituais e religiosas, outras acreditam em mitos e algumas não acreditam em nada, mas a verdade é que ninguém tem certeza de como é. Muitas pessoas tem experiência de quase morte e algumas relatam terem visto entes queridos, luz … Continue lendo… →

Castelo de Vidro

Muito parecido com “Capitão Fantástico”, o novo longa de Destin Daniel Cretton é um “must see”. Conta a história da jornalista Jeannette Walls, que cresceu com pais que se diziam livres quando na verdade eram mendigos por opção. O filme se passa em dois momentos, em um, já adulta, Jeannette é praticamente uma socialight, noiva do rico empresário … Continue lendo… →

Bingo: O Rei das Manhãs

Bingo estreando em agosto, “IT” em setembro. Definitivamente, este é o ano do palhaço! O filme é baseado na história de Arlindo Barreto, um dos primeiros Bozos brasileiros, porém, por uma questão de direitos autorais, mudaram o nome do palhaço mais famoso de todos os tempos para Bingo. No longa, Arlindo é Augusto, um ator … Continue lendo… →

O Estranho que Nós Amamos (2017)

É um bom filme, com atuações espetaculares, tanto das veteranas, quanto do elenco mirim, porém, cometi um grande erro ao ir com expectativas gigantescas. É realmente bom, cumpre seu propósito, mas não mais do que isto. A grande falha aqui é deixar muito pouco para a imaginação. Sofia Coppola adaptou o livro “A Painted Devil”, do autor … Continue lendo… →

O Filme da Minha Vida

É poético, bonito, bem-intencionado, mas falha por ser a biografia sem propósito de um autor desconhecido. O mais estranho que acontece aqui é que falha, porém acerta. Vou tentar me explicar. O filme parece realmente sem propósito, eu não saberia nem mesmo contextualizá-lo com relação a seu gênero, no entanto ele é dotado de uma … Continue lendo… →

Uma Noite com Audrey Hepburn – Livro

Meu namorado me deu esse livro no Natal do ano passado porque eu estava procurando uma biografia da Audrey (minha atriz favorita e inspiração como ser humano), mas não encontrava. Confesso que relutei um pouco para começar a lê-lo, eu tenho um certo preconceito literário, sempre gostei mais dos clássicos ou livros policiais, eis que … Continue lendo… →

Em Ritmo de Fuga

Eu não sou fã de“Velozes e Furiosos”, todo ano sai mais um e eu reviro os olhos. Meu medo ao ir ao cinema dessa vez, foi que a franquia e “Em ritmo de fuga” fossem parecidos”, para minha grata surpresa, não são.  A única semelhança é que ambos se passam em grande parte, dentro de … Continue lendo… →